Sangria do Açude Boqueirão (Parelhas/RN) - 2008


Vista de cima da serra do Boqueirão
Sangradouro do açude

Rio Seridó e a cidade de Parelhas
Ilha com pequeno santuário de pescadores


O Boqueirão e as águas barrentas da grande cheia
Rio Serídó, barreira-barreira


Na saída da água na sangria, o banho é uma riqueza
Pela segunda vez na história, as pessoas se divertem com o acontecimento

Brincadeira de roda com a força das águas

8 comentários:

Martha Barbosa disse...

Vir aqui é viajar por suas fotografias.Gosto disso.
fiz postagem nova apareça por lá.Um abraço.
marthacorreaonline.blogspot.com

Romário Gomes disse...

Oi, Hugo, cadê as fotos de São José do Seridó? Espero ansioso. Abraço.

Mulher na Janela disse...

a última foto parece um quadro de Matisse...
lindas!

beijos aqui do Seridó!

Iara

Potiguarando disse...

Querido amigo,
Lindas fotos. Quando eu crescer e comprar uma máquina legal quero ser seu aluno (rs).
Abraço
José Correia Torres neto

Moacy Cirne disse...

Oi, cara, fiz uma versão/interferência - para a série Seridoímos - de uma foto sua. Está no blogue do poema/processo. Aliás, parece-me que já é a segunda foto sua que redebe uma versão digitalizada no P/P. Abraços.

Grupo Casarão de Poesia disse...

Caro Hugo, quando puder visite o blog do Casarão!

Abraços poéticos!

tento disse...

Belas fotos

frança disse...

Ola´amigo meu nome é França, suas fotos estão lindas, pricipalmete para mim que sou parelence mas não á conheço