Do Rio Santo Antonio ao Roncador

A chapada Diamantina é cheia de mistérios, cultura, história e muitas belezas naturais. As atrações turísticas são inúmeras, a começar pelas cidades que remontam ao período colonial brasileiro. Nas redondezas, a paisagem serrana é fascinante. O relevo montanhoso se destaca em altas planícies e vales profundos, rios caudalosos e numerosos cursos d'água. A diversidade da fauna sugere silenciosas caminhadas para a observação de pássaros, enquanto cavernas e canyons propiciam a prática de turismo de aventura. Segue um roteiro que fiz de um dia, pelo rio Santo Antonio ao rio Roncador.

Margens do rio Santo Antonio. Aqui começa a aventura de barco até o Roncador

Rio adentro é importante a tranqüilidade e o silêncio para reflexão interior e observação de espelhos d`água, da fauna e flora do local, habitat natural de muitas espécies de peixes e de inúmeras aves aquáticas

Aqui desce-se de canoa por aproximadamente 2 horas pelo Marimbus, o “Pantanal da Chapada”.

Aspecto da casa velha da fazenda Roncador
Um almoço regional é servido na fazenda Roncador e ajuda a recuperar as energias para o retorno
A memória da velha família da fazenda Roncador, isolada no espaço e pelo tempo


Cachoeirinha do Rio Roncador

2 comentários:

Yuno.Silva:.* disse...

Hugo, "pustas" imagens!!
muito bom
abração

Moacy Cirne disse...

As fotos estão belíssimas. Como sempre. Abração.