Paixão de Cristo em Nova Jerusalém


O fascínio que o espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém exerce no público não está apenas na grandiosidade das construções, na atmosfera que ali se respira e na beleza da história de Jesus. Reside também na participação ativa do público, diante da mobilidade das cenas. No dia 08 de março de 2009 estive, junto a multidão, fotografando esse belo espetáculo.

O Sermão: Jesus aparece transfigurado entre a multidão.

Acolhe as criancinhas.

Ao saber da prisão de João, o Batista, decide seguir para Jerusalém.

Cura e ensina o Pai Nosso.

O então Santo, protege Maria Madalena.

Presidido pelo Sumo Sacerdote, Caifás, o conselho supremo do Sinédrio se reúne e decide condenar Jesus.

O conselho exige uma condenação urgente.

Judas vende o seu mestre por trinta moedas.

Jesus reúne os seus discípulos para a Última Ceia.

Judas é contestado perante os discípulos.

E deles se despede, dando-lhes o pão (o seu corpo) e o vinho (o seu sangue).

Agonia no Horto: Jesus sofre antevendo sua Paixão e Morte.

Jesus é levado preso para ser julgado.

A bacanal do rei Herodes é interrompida com a chegada dos sacerdotes que conduzem Jesus.

Herodes pede a Jesus um milagre e não é atendido. Irritado, o rei joga água no rosto dele e manda-o de volta a Pilatos.

Pilatos interroga Jesus e manda-o à flagelação.

Jesus é chicoteado nas costas pelo soldado.
É obrigado a carregar a cruz e novamente torturado.

O povo eufórico segue para o calvário.

Judas é atormentado por sua consciência, por ter traido e entregue o amigo à morte e enforca-se.

Um dos mal feitores, crucificado com Jesus, é posto na cruz.

Jesus é pregado na cruz e percebe a presença de Maria.
Fala com o Pai.

Entregando ao Pai o seu espírito, a terra treme e tudo escurece com a sua morte.

O corpo de Jesus é colocado no regaço de Maria, que chora sobre o filho morto.



Quarenta dias após a sua ressurreição, Jesus sobe, entre nuvens, diante da multidão extasiada.

2 comentários:

Alinne Fernandes disse...

Lindo

cinee teatro(comentários sobre filmes e teatro) disse...

Amigo.
Sou ator e assistente de direção da paixao de Nova Jerusalém.Por acaso vi sua página e gostaria de parabeniza-lo pelas belas fotos.Bom saber que você gostou do espetáculo.Apareça quando quiser
André